21 de fevereiro de 2017

A razão da ausência

Que este blogue andava parado já toda a gente tinha percebido, mas ultimamente a coisa piorou bastante. Andava cheia de vontade de vos contar o real motivo mas não o podia fazer sem ter certezas. [Não, não estou novamente grávida :)] Simplesmente - dito assim até parece verdade - vou mudar de casa. E toda a logística que isso implica, senhoras? A somar a uma bebé de oito meses, fofa que só ela, mas que dá o trabalho que todas nós já conhecemos. 


Actualmente temos uma casa que, apesar de ser de dois quartos, tem áreas minúsculas, e já andávamos bastante fartos de ver tudo amontoado. Ele é carrinhos, cadeira de papa, espreguiçadeira, trocador.... Tenho nas minhas pernas provas físicas de como tem sido difícil viver assim. :) 

E se a parte da escolha da casa nova até é entusiasmante e divertida, o que se segue são (quase) só dores de cabeça. Papeis, banco, certidões, avaliações, mais papeis, mais banco, ufa! Escritura marcada e finalmente acabaram-se as dores de cabeça! Ahhhh tão bom! Não, nada disso! Agora a casa nova - que nem é assim tão nova - precisa de pequenas obras. Empreiteiros, tintas, papeis de parede e mais dores de cabeça. Vá, esta parte da decoração nem é assim tão má, não vamos exagerar. Mau mesmo é encaixotar uma vida inteira de coisas. Quer dizer... Três vidas inteiras de coisas mais o gato. Comecei hoje e já estou pelos cabelos. Posso fugir só com a roupa do corpo?
SHARE:

10 de janeiro de 2017

Cenas da Maternidade #2

Vais-te tornar uma especialista em promoções de fraldas, datas de feiras de bebés vão povoar a tua agenda, e ainda dás por ti a ir às nove da manhã para a porta do Lidl na esperança de apanhar uns interiores melhorzitos. O mais engraçado? É ser feliz com isto.
SHARE:

22 de novembro de 2016

♥ 5 meses de ti ♥


Não é nada fácil arranjar tempo e disposição para cá vi escrever uma linha que seja! Tenho sempre tanto para fazer que, quando caio na cama, desmaio mesmo! E também escusado será dizer que quando ela adormece eu trato logo de me deitar também. É que, de outra forma, ninguém aguenta a pedalada desta rapariga. 

Tinha-vos contado que íamos começar as sopas, entretanto já começámos também a fruta e a papa. Não tenho do que me queixar. Esta miúda come tudo que lhe pomos à frente, ainda que de vez em quando se queixe um bocadinho. Tem graça porque ela rabuja mas continua a comer. E apesar das caras feias que faz à fruta, acaba por comer sempre tudo. Ela já parece tão crescida a comer que eu só peço ao tempo para passar mais devagar. Eu sei que é parvo, mas parece que estou a "perder" o meu bebé. :-) 👶
SHARE:

28 de outubro de 2016

Cenas da maternidade #1

Nunca mais vais sair de casa com uma roupa limpa. Ou é baba, ou bolçado, ou vomitado, ou sopa ou coisa pior... Por muito cuidado que eu tenha, ela trata sempre de me estragar o modelito. Já desisti. 
SHARE:
© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig