23 de setembro de 2016

17 - 06 - 2016

O dia em que te conheci. O dia em que me tornei infinitamente mais feliz, mais completa. Repleta de um amor que eu desconhecia. Um amor maior que tudo e capaz de tudo. Por ti serei sempre melhor. Melhor mãe, melhor pessoa. 


Passaram três meses, e eu já sinto saudades do meu amor assim, pequenina.
SHARE:

8 de junho de 2016

O Drº Bigodes


Acho que toda a gente compreende a minha ausência, verdade? A paciência para escrever qualquer coisa com pés e cabeça já escasseia, por isso, remeto-me ao silêncio. :-) Ainda assim, não queria deixar de vir cá contar a experiência do último sábado com o gato Leo e o Drº Bigodes.

O Leo gosta muito pouco de ir ao Veterinário, seja ele qual for. Chateia-se (e chateia-nos) imenso a andar de carro, fica super stressado, salta-lhe pêlo por todo o lado, e depois não há profissional de saúde que consiga fazer o que quer que seja com ele nesse estado. Há umas semanas atrás, tinha recebido no mail informação acerca de um Veterinário ao domicílio que dá consultas em Lisboa e também no Porto. Espreitei o site deles e  o conceito pareceu-me óptimo para o nosso caso em particular. Marquei então uma consulta para sábado de manhã, em que o Veterinário viria cá a casa dar-lhe a vacina anual e a desparasitação interna. 

No sábado, recebemos então o Drº Ricardo cá em casa e gostei mesmo muito da experiência. Ele teve imensa paciência para o Leo, deixou-o andar à vontade, sem grande stress, e foi fazendo o seu trabalho. Para o gato notámos que também foi muito mais confortável assim. Apesar de se tratar de uma pessoa estranha, o facto de ele permanecer no seu território fez com que estivesse muito mais à vontade e quase não se chateou com a vacina ou o comprimido. No final, pagámos comodamente com multibanco e, na mesma hora, recebemos a factura no e-mail. Não podia estar mais satisfeita com o serviço, e não tenho dúvidas que o vamos continuar a utilizar no futuro. Em termos de custos, posso dizer que os preços são muito idênticos aos praticados em clínicas veterinárias, e acho que não pagamos mais pelo facto de virem cá a casa. 

Nota: Acho que nem preciso dizer que isto não é publicidade, paguei a consulta como qualquer cidadão comum, mas parece-me uma mais valia dar a conhecer o serviço. ;)
SHARE:

9 de maio de 2016

A caminho do divórcio #17


Marido de grávida faz um esforço descomunal para não meter o pé na argola. Pelo menos, o meu tem feito. É de louvar vê-lo muitas vezes parado, a pensar no que responder, para não calhar de ser atacado por um qualquer descontrolo hormonal da minha parte. Arrisco-me até a dizer que o homem já tem algum medo (receio, vá) das hormonas malucas. E claro, divirto-me imenso com isso! :-)
SHARE:

6 de maio de 2016

#MomStuff (1)

Queiramos ou não, a gravidez transforma um bocadinho a nossa vida e os nossos hábitos. Acredito que, depois de o bebé nascer, essa transformação vá ser maior ainda, mas isso deixamos para falar lá mais à frente. Uma coisa de cada vez. Também é certo que umas mulheres "sofrem" bem mais que outras, isto porque, todas as gravidezes são diferentes e nunca sabemos o que pode ou não acontecer. 

Da minha experiência pessoal, o primeiro alerta de uma possível gravidez é dado pelo meu peito. Assim que as hormonas começam a ficar malucas, ele começa também a aumentar e a doer e a ficar com um aspecto estranho e tudoitudo ao mesmo tempo! Não é bonito de se ver/sentir, mas a malta habitua-se. Nem imaginam o "poder de encaixe" a novas alterações diárias que tem uma mulher. Somos as maiores, de facto. Mas contava eu que o peito começou logo a aumentar no primeiro trimestre, ao ponto de não conseguir usar nenhum dos meus soutiens e todos os que experimentava me magoavam de alguma maneira. Um suplício! Tentei várias marcas, de tecido, sem aros, de amamentação e TUDO me magoava. Andar sem soutien também não era opção. Com o aumento de tamanho, o peito fica extremamente pesado, e sentimos mesmo necessidade de ter algum suporte extra, para bem da nossa sanidade mental (e física). 

SHARE:
© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig