14 de maio de 2011

Chloe


Atenção! Post só para quem já viu o filme!

Este foi mais um dos filmes que vi esta semana. Uma mulher que suspeita que é traída, contrata uma prostituta para se encontrar com o seu marido e descobrir se este cede à tentação. Um pensamento não me saiu da cabeça durante todo o filme: Mas será que alguma mulher, no seu perfeito juízo, toma uma decisão destas?? Pior... Não contrata uma prostituta qualquer mas sim uma Amanda Seyfried, a menina do capuz vermelho, que é só assim tipo... perfeita?! Eu só conseguia pensar, que mesmo que o homem tivesse resistido anteriormente, com aquela iria cair em pecado de certeza! 

Toda a parte da história que gira em torno da possível traição do marido e das inseguranças da esposa acaba por ser interessante. O final do filme já achei um pouco fantasioso demais e muito fraquinho. Outra coisa que me deixou bastante intrigada foi a facilidade com que o marido perdoou a traição da esposa por esta ter sido com uma mulher e não com um homem. Não percebo esta mentalidade masculina, juro que não.
SHARE:

4 comentários

  1. Vi o filme! realmente.. não foi uma decisão de esposa esperta..

    ResponderEliminar
  2. Quando vi o filme pensei exactamente o meso: se é possivel uma mulher ter tal atitude para verificar a fidelidade do marido! Em relação ao perdão dele....homens!

    ResponderEliminar
  3. Já tinha visto a versão francesa (Nathalie com Fanny Ardent, Gérard Depardieu e Emmannuelle Béart, 2003) há alguns anos e prefiro-a a esta. Muito mais arrojada!

    ResponderEliminar
  4. Tb já o vi e gostei bastante. A Amanda é lindíssima e faz uma papel fantástico! mas é verdade que ele lhe perdoa o "caso" com a suposta amante. o melhor deste filme?! OS filmes que as mulheres fazem :)

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig