24 de junho de 2011

Avaliar a felicidade

Nunca fui pessoa de achar que a felicidade é algo que está constantemente presente na nossa vida. Sempre tive a ideia clara de que nem sempre fazemos o que gostamos e que isso faz parte. Sermos "obrigados" a passar por alguns sacrifícios, sem dúvida que nos faz dar valor às coisas que realmente nos fazem sentir bem. Mesmo tendo plena consciência disto, ainda acho que só somos verdadeiramente felizes se uma grande percentagem das coisas que fazemos nos fazem sentir bem. Ao tentar rever e avaliar tudo o que se passou ao longo do último mês, por exemplo, poucos foram os momentos em que me senti realizada. E, algo me diz, que as coisas não deveriam ser assim. Chega a parecer-me desperdício de vida, gastarmos tanto tempo e energia com coisas que não nos identificamos só porque tem que ser. Quase chegada aos trinta, penso em tudo o que gostaria de ter feito e não fiz. Penso também que não terei outras oportunidades. A vida é só uma e se queremos honrá-la com a dignidade que merece, devemos tentar ser felizes todos os dias.
SHARE:

4 comentários

  1. Se pensas assim e ainda nem 30 anos tens como sera quando tiveres quase 40?
    Muitas coisas ficaram por realizar, mas nao desisti e nao acho que a vida seja um desperdicio, porque ate morrer posso ainda ter a oportunidade de os realizar,acima de tudo depende de mim.
    Nao estas satisfeita muda! Nao arranjas o trabalho que te realiza, investe noutras areas que gostes ou muda de pais, mas nao baixes os bracos e muito menos te sintas derrotada.
    Acredita em ti !

    ResponderEliminar
  2. é difícil ser feliz todos os dias.. Mas podemos fazer um esforço para pelo menos sermos felizes numa parte do nosso dia e fazer os que nos rodeiam felizes.. :)

    http://iwanttobe-barbie.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Penso nisso muitas vezes! Não posso dizer que sou infeliz a maioria do tempo, mas tb não sou feliz! Parece que me acomodo a um estado de espírito morno! até que ponto isto deve ser feito? até parece ingrato não fazer nada para aproveitar a vida (que é única e mtos dariam tudo para a ter) mas às vezes é dificil mudar e tentar encontrar o que realmente nos faria felizes! Obrigada pelo texto, pois de facto fez pensar!

    ResponderEliminar
  4. É um bom exercicio a parte de pensarmos que não nos devemos irritar por pouco, e sim dar valor às coisas boas!

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig