9 de junho de 2011

Não acho justo!

Já deve ser prai a milésima vez que falo deste assunto aqui no blogue, mas é mais forte que eu. Não acho nada justo o papel da mulher na nossa sociedade. Se antes não tínhamos direito a nada, o direito a tudo trouxe-nos também a obrigação de desempenhar tantos papéis quantos os que conseguirmos acumular. Ele é o trabalhar fora (tanto como os homens), ele é trabalhar em casa (muito mais que a maioria dos homens), cozinhar, tratar das compras, das roupas, dos filhos, estudar (porque devemos sempre querer aprender mais para assim também termos mais oportunidades de carreira) e esta lista nunca mais teria fim... Se o nosso papel sofreu tantas alterações ao longo dos tempos, se calhar já estaria na hora de alguns homens repararem que as suas funções também mudaram. Hoje já não basta chegar a casa do trabalho e sentar no sofá à espera que a magia aconteça. Há que mexer o rabinho e fazer o que for necessário. Tenho dito!
SHARE:

15 comentários

  1. não diria melhor, não somos escravas de ninguém.

    ResponderEliminar
  2. ora aí está uma grande verdade! é preciso educá-los, não sei que raio de mães eles têm, a minha mãe faz questão de que o meu irmão trate do seu quarto, incluindo aspirar e passar esfregona! só não passa a ferro porque ainda é novo e ela tem medo que ele se queime... esperemos que com a idade não perca estes bons hábitos!

    ResponderEliminar
  3. E tens toda a razão.. Mas há homens que ainda são um pouco retrogrados, infelizmente
    *

    ResponderEliminar
  4. A vida é feita de escolhas.
    Nunca escolheria para parceiro um homem que tivesse essa visão da vida.

    Acho é que muitas mulheres se iludem pensando que "eles mudam". As personalidades não mudam, só os comportamentos podem (ui, ui) ser um pouco alterados.

    ResponderEliminar
  5. O problema é que as mulheres sentiram a necessidade de modificarem o seu papel social, os homens não o sentem. E enquanto nós, mulheres, não provocarmos essa necessidade neles nada mudará. Achei engraçado ver uma leitora a dizer que o irmão limpava o quarto. Acho óptimo, mas se analisarmos bem, as meninas na mesma idade já limpam outras áreas da casa. A desigualdade vem desde tenra idade. O bom disto tudo é que estamos sempre a tempo de mudar, basta querermos.

    ResponderEliminar
  6. sem dúvida alguma! eles também têm novos papeis para além de beberem a "bejeca" e verem tv refastelados no sofá ... dêem ao litro também dentro de casa!

    ResponderEliminar
  7. Tens dito e muito bem! Concordo a 100%!! Bjs

    ResponderEliminar
  8. Concordo plenamente contigo!

    O que vale é que o meu já sabe... nao sou criada de ninguém... Se vir que não ajuda em nada em casa, as coisas dele ficam por fazer, so tratando eu das minhas...

    Beijos e nao desanimes!

    ResponderEliminar
  9. Se os homens não fazem mais, a culpa é inteiramente das mulheres. É a minha opinião.

    ResponderEliminar
  10. Eu não me consigo rever minimamente neste tipo de queixas.
    Nunca, com nenhum namorado, eu senti que fizesse mais em casa do que ele. Até já tive um namorado que me passou uma camisa a ferro enquanto eu estava no sofá a beber uma cerveja e a ver futebol.
    Ou eu tenho tido muita sorte com os namorados ou me parece que o resto das mulheres são demasiados controladoras com os trabalhos domésticos e não dão espaço a que os homens os façam à sua maneira.
    Não sei, não sei...

    ResponderEliminar
  11. A verdade é que, enquanto estas mensagens acima estavam a ser escritas, provavelmente estava um pobre homem no sofá à espera da sua cerveja... Pensem nisso.

    Joking.

    ResponderEliminar
  12. Não mudava uma linha, é assim mesmo ;)
    **

    ResponderEliminar
  13. Eu nem admito que essas atitudes aconteçam ao meu lado!Em minha casa toda a gente participa!E nem consigo imaginar o contrario!

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig