2 de junho de 2011

Sobre o trabalho...

Nem sei por onde começar... Ora bem, o trabalho que arranjei é numa loja de acessórios. Até aqui tudo bem. A parte chata é eles contratarem através de uma empresa de trabalho temporário, que faz uns contratos estranhos (de 15 em 15 dias), onde ficamos vinculadas durante um ano, sem direito a férias. Passado esse ano, a empresa "mãe" contrata as funcionárias por seis meses (sem férias). No final desse tempo vai toda a gente para o desemprego novamente. Estranho, não é? Pois, se me contassem eu também não acharia muito normal. O que é certo, é que neste momento trabalho com uma equipa, que no próximo mês vai ser toda despedida. E o mesmo acontece nas restantes lojas da marca. Acho que isto retrata bem o estado em que está o nosso país e a trapalhada que vai nas leis laborais.
SHARE:

14 comentários

  1. Vai lindo o nosso Portugal..bos sorte linda..bjinhos

    ResponderEliminar
  2. pois tenho uma amiga a trabalhar assim também mas o dla fazem os contratos de mês a mês.
    é complicado....
    mas enfim na falta de melhor...
    é um trabalho

    ResponderEliminar
  3. GSUS! que loucura! eu tb n vou ter férias..e tb n as tive no ano passado, revolta-me esta situação! Mas que fazer? temos de aguentar se não passamos fome!
    estou contigo ;)
    xx
    su.
    www.glamorousdayscozynights.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Ou seja, uma pessoa mata-se a trabalhar horas a fio de pé, sem direito a férias, e o único fim à vista é o desemprego?! OMG... Isso é muito desmotivante!

    ResponderEliminar
  5. Credo... Realmente não há condições!! Porque não entregas cv's numa Zara ou numa loja de um "grupo"? Eles têm boas condições... Nada a ver com essas :/ É que realmente isso mais parece... Uma selva!! :(((

    ResponderEliminar
  6. Que horror! E o pior é que cada vez é mais comum as empresas fazerem isso. Antes de ficar onde estou estive por uma empresa de outsourcing, e durante um mês estive de férias forçadas, para não terem que me passar para contrato directo.

    Um conselho, não desistas. Vai enviando cv's. Algo melhor aparecerá!

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  7. Estou de boca aberta!
    Como felizmente estou vinculada a uma empresa, às vezes não tenho noção do que se passa por aí nos empregos mais precários. Este País está realmente muito doente. E mais doente do que eu alguma vez imaginei.

    Só me resta desejar-te boa sorte!

    http://mefrancesca.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Querida Miss Kitty, estas normas laborais, são terrivelmente injustas para a consolidação da vida, de uma pessoa...

    ResponderEliminar
  9. ao menos é a contrato..olha eu tou ilegal lol,tou a nd literalmente ahahah -.-

    ResponderEliminar
  10. Gostava de trocar impressoes contigo sobre esta questão. Será que me podes enviar um e-mail para scavaco.81@gmail.com?

    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Só hoje tive tempo de vir à net e espreitar os blogues, sendo assim li agora este post e estou parvinha! O nosso país vai de mal a pior. estou abismada! :o

    ResponderEliminar
  12. Não fique a ideia que isto só se passa com quem trabalha em "lojinhas" e "não tem estudos"...está generalizado e existem profissões altamente qualificadas onde os profissionais passam por isto!
    Tenho lido o blog em reverse mode e fico feliz por teres arranjado este trabalho (mesmo que nas condições que já descreveste), tenho várias amigas com formação na mesma área que partilham do mesmo problema, infelizmente.

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig