25 de agosto de 2011

Pontos de vista

Apesar de dar imensas dicas de compras, de beleza e até de marcas, sou completamente contra o consumo desenfreado e a necessidade de comprar só porque faz bem à alma. Nunca acreditei que uma mulher, para andar apresentável, elegante e bonita, precise de ter centenas de pares de sapatos e milhares de carteiras. Convenhamos... Podemos gostar de ter, mas não é necessário. Dou por mim cada vez mais atenta aos preços e às marcas e por sua vez, menos impulsiva no que toca a compras. Há que fazer contas e investir em boas peças ou bons produtos de beleza quando são necessários e não porque fica bem mostrar à amiga que temos uma "Carolina Herrera" ou uma "Louis Vuitton".
SHARE:

6 comentários

  1. Tens a noção que daqui a nada vais ter a Liga Portuguesa de Defesa da Pipoca mai Doce aqui à porta a acusar-te de invejosa, pq ela é q mostra CH's e LV's?

    lol gosto de ler as duas e não me incomoda nada, mas há lá umas quantas leitoras q até aflige.

    E sim, concordo como teu post, em género, número e grau.

    ResponderEliminar
  2. Olá Kitty, eu não tenho a certeza se foi no teu blog que eu vi um post sobre séries, falava da "Pretty Little Liars" e de "Switched at Birth" (espero mesmo que tenha sido, é que se não foi, vai ser mesmo muito ridículo, mas pronto) e eu comentei que tinha sacado uns episódios de "Pretty Little Liars", mas que não me parecia interessante. Bem, queria vir aqui mudar a minha opinião, porque de momento estou completamente viciada, completamente! Obrigada pela dica. (a sério que espero mesmo que tenha sido neste blogue)

    ResponderEliminar
  3. E acima de tudo, o que tenho vindo a aprender com os anos é que, quanto mais tempos, menos valorizamos. Quantas de nós não olhamos para o roupeiro cheio de roupa e sentimos que não temos nada para vestir? Para mim, neste momento, não há qualquer gasto desnecessário. Se vou às compras, é com uma ideia definida do que realmente preciso. E é só isso que compro.

    ResponderEliminar
  4. Claro que nao....as vezes com pouco andas muito elegante e in.
    Tudo depende da mulher em questao, o charme e a personalidade fazem 80% do trabalho (acho eu)

    Baci*

    ResponderEliminar
  5. Concordo. Tudo se resume a um vazio interior, que se tenta preencher com compras compulsivas. E, como dizes muito bem, é o "querer mostrar" a ostentação. Se gosto de Louis Vuitton? Com certeza. Mas há prioridades a atribuir a 700 euros.

    Por outro lado... a elegância não se compra ;)

    Bjinho!*

    ResponderEliminar
  6. Concordo! Mas há tanta boa gente que adora expor as marcas... Mas nada contra que o faz se a intenção de se mostrar superior. Felizmente ainda vai havendo destes exemplos ;)

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig