5 de novembro de 2011

Os perigos do Google

Nos dias que correm, não há nada que não se google. E se, na maior parte das ocasiões, é coisa que dá muito jeitinho, noutras pode transformar-se num verdadeiro pesadelo, principalmente se forem pessoas sensíveis. Para as pessoas mais ou menos hipocondríacas, não há sintoma que não passe por uma rápida pesquisa na Internet. Os resultados são sempre catastróficos. Facilmente descobrimos que aqueles enjoos matinas juntamente com as dores de cabeça ao final do dia, são sinónimo de qualquer coisa muito má que terminará em fatalidade. 

Hoje, pela primeira vez, tentei encontrar o possível diagnóstico do meu gato que, desde o início da semana apresenta umas feridas (?) no nariz. Já estava decidida a levá-lo ao Veterinário, ainda assim, não resisti ao google e hoje de manhã lá me pus a pesquisar. Todos os sites lhe diagnosticaram a mesma coisa. O bicho estaria com um fungo que iria alastrar a todo o corpo e como se isso não fosse mau o suficiente, a dita doença ainda seria contagiosa a humanos (Esporotricose acho que se chamava assim). Fiquei em pânico de tal forma que nem almocei. As imagens disponibilizadas de gatinhos com este problema também não ajudaram nada. Lá fomos para a Veterinário e ela tentou descansar-me dizendo que provavelmente ele se teria magoado ou arranhado. Prescreveu uma pomada e mandou esperar uns dias mas salientou que tinha quase a certeza que não seria nada de grave. Espero que fique tudo bem. De qualquer das formas lembrem-me para nunca mais pesquisar doenças na Internet! É verdadeiramente agoniante.  
SHARE:

11 comentários

  1. E mesmo que seja um fungo, o meu pequenino também trouxe um para casa, é só ele tomar um comprimido durante num intervalo de 15 dias que passa, e ao mexer nele ter cuidado de lavar bem as mãos... Vais ver não é mesmo nada;)

    ResponderEliminar
  2. Tens razão, no google td parece uma doença das piores do mundo! Mas relaxa, que raramente é assim tão grave como nos quer parecer :) Beijinho

    ResponderEliminar
  3. lol é bem verdade o que dizes, há uns dias qd recebi os resultados de um raio-x à coluna "googlei" aquele palavreado e já pensava q tinha uma hérnia e etc, afinal n era nada de grave -.-

    A.

    ResponderEliminar
  4. Eu sou um pouco (muito) hipocondriaca e pesquiso supostas doenças à minima dor que tenho, é terrivel :/ É de deixar uma pessoa mesmo doente.

    xx

    ResponderEliminar
  5. Pois, o google é muito, muito perigoso nessas coisas... principalmente para o meu pai, que é um hipocondríaco de primeira... e nem os meus conselhos de estudante de medicina lhe tiram algumas coisas que leu da cabeça...
    Espero que esteja tudo bem com o teu gatinho =)

    love, pi*
    http://theperfumerecipe.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. LOL
    aconteceu-me uma altura em que a minha mãe andou doente, caramba o google deprimiu-me ao máximo. É de evitar é...

    PS. Por favor ajuda-me a ganhar um belo de um concurso: http://www.7diasparamudaroteuestilo.com/votar.php?id=611&op=confirm&approve_key=d3de243556278bde515e0da91002b20f
    Obrigada

    ResponderEliminar
  7. eu não sou hipocondríaca, mas uma vez tive que pesquisar sintomas de uma doença, para um trabalho, e fartei-me de rir, por me aperceber que podia perfeitamente achar que tinha aquilo xD lool por isso, não te preocupes! :) não há-de ser nada.

    ResponderEliminar
  8. tens toda a razão! eu tinha umas dores no joelho e pesquisei para ver o que seria, resposta: cancro --.

    ResponderEliminar
  9. que horror!!!
    coitadinho!
    espero que não seja nada!
    as melhoras!

    ResponderEliminar
  10. Como te compreendo... Mas isso também varia de problema para problema. Eu diria mesmo que não vale a pena pesquisar enquanto não souberes do que se trata! >.<

    ResponderEliminar
  11. Ainda bem que não passou de um susto! Espero que já esteja bem melhor.

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig