10 de setembro de 2012

Das tatuagens da vida

Sou fã de tatuagens, nada a fazer. Assim que completei os 18 anos de vida, lá fui eu, toda feliz e contente fazer a minha primeira. Os meus pais nunca acharam piada à ideia mas sempre disseram que quando atingisse a maioridade, a responsabilidade seria só minha. Quem já fez uma tattoo sabe que aquilo é viciante. Não percebo bem porquê, mas é. Assim que fazemos uma, já estamos a pensar na próxima. Então criei uma espécie de meta para fazer a segunda, de maneira a colocar-me a salvo de virar uma Amy Winehouse desta vida. Quando tivesse um filho, faria a segunda. Julgava eu, que por volta dos 30 anos esse assunto já estaria arrumado. Mas não, e pelo andar (ou não andar) da carroça, arrisco-me a atravessar a menopausa sem voltar a sentir o poder da pistolinha de agulhas no corpo.


Tudo isto para dizer que o meu gosto por tatuagens não se estende a desenhos em tamanho A4 espalhados pelo corpo. Gosto de marcas pequeninas e simbólicas. E nunca, jamais, em tempo algum, faria um soutien com asas por baixo do peito como fez a pobre da Rihanna. Eu bem digo que a moça nunca mais foi a mesma depois daquela relação com a besta do Chris Brown mas ninguém acredita.
SHARE:

12 comentários

  1. eu não o faria... mas até gosto da tatuagem dela :X
    eu não tenho nenhuma, costumo dizer que só farei quando tiver filhos... mas ao mesmo tempo ponho-me a pensar em mim velha de pele enrugada e descaída e uma tatuagem deformada...:x

    ResponderEliminar
  2. estou a imaginar a rihanna daqui a uns 60 anos, toda encarquilhada e de carnes penduradas, com essa tatuagem hedionda e muitas outras com um ar russo e gasto escritas no corpo... tb tenho uma tatuagem mas serve para me lembrar de uma fase da minha vida, mas nunca faria uma que parecesse o substituto de uma peça de roupa interior... acredito que haja mais mulheres a ver esta tatuagem como mais um exemplo de mau gosto, enquanto que muitos homens devem andar aos pulos de contentamento! :p

    ResponderEliminar
  3. Eu não o faria (não tenho capacidade para assumir algo tão grande) mas consigo ultrapassar a má localização dessa tatuagem apenas pelo significado da mesma - se é que a Rihanna a tatuou pelo que representa. No entanto, tb sou adepta das mais pequenas. *

    ResponderEliminar
  4. realmente há com cada um...eu tb gosto de tatus, mas simples, pequeninas, nunca fiz nenhuma mas ainda vou a tempo :)
    mas esta...tb não gosto

    ResponderEliminar
  5. olá linda, subscrevo tudo o que escreves-te em relação às tatuagens, são mesmo um vício (eu já tenho 4 todas pequeninas a preto e branco e com um grande significado) tanto que já penso na 5ª ... não gosto nada desta da Rihanna, nesta zona não fica nada bonito :S, pelo menos eu não gosto... apesar de gostar de tatuagens grandes, tanto que a ideia que tenho para a próxima é na lateral das costelas e assim para o grandito.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. hhahaha eu n sabia q ela tinha feito essa tatoo, sim realmente nunca mais foi a mesma =/ Opah eu sou como tou gostod elas pequeninas e simbolicas mas ainda n tenho nenhuma...=/nao sei bem q fazer

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho uma discreta, atrás no pescoço e adoro!
    Ando a pensar na segunda... pois é como dizes um vício!

    No entanto agora que estou grávida, na maternidade numa das consultas a médica perguntou-me: "Tem alguma tatuagem nas costas?"

    Eu sem saber a que propósito vinha aquela questão e já meia desconfiada respondo: "Sim, uma pequena mas é perto do pescoço." E mostrei.

    Vira-se a médica: "Então está safa, pois que se tivesse alguma no local onde é dada a epidural, já não tinha que decidir se queria a bendita epidural ou não, uma vez que não poderia levar."

    Juro que não fazia ideia e se calhar muitas mulheres o sabem, mas fica aqui o aviso! :)

    ResponderEliminar
  8. ML,

    Por acaso há uns anos que já sei disso ;-)

    A minha é no ombro e não tenciono fazer mais nenhuma nas costas ;)

    **

    ResponderEliminar
  9. Raquel A., olha eu cá não fazia a mínima ideia! :)

    Posso dizer que foi grande sorte nunca me ter dado para fazer no local da suposta epidural! Não queria chegar a este momento sem ter pelo menos a opção de decidir se quero se não quero levar! Nem imagino! :D

    ResponderEliminar
  10. Eu acho que isto das tatuagens é ou deveria uma coisa pessoal na medida em que somos nós que a usamos e o que interessa é nós gostarmos.Mau era que fizessemos uma para que os outros gostassem ou para estar na moda.
    A realidade é que agora anda ai uma febre das tatuagens pequenas e simples como acessório de moda e isso sim é burrice.
    Eu n faria a tatuagem que ela fez, mas tal como n gosto que critiquem as minhas, respeito a opção dela de a fazer.
    Façam uma tatuagem que tenha real significado para vcs e não para mostrar a meio mundo o quanto estão na moda.Isso é meio caminho andado para daqui a nada se arrependerem.
    Hoje está na moda as palavras, caveiras etc etc, amanhã estará com certeza outra coisa qualquer.

    ResponderEliminar
  11. Também gosto de tatuagens. Tenho duas, mas coisas moderadas. Não gosto de nada muito vistoso e de facto a da Rihanna... Enfim, só mesmo ela :)

    ResponderEliminar
  12. Eu já disse que deste ano não passa, quero a minha tattoo!

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig