18 de janeiro de 2013

Ser blogger é uma profissão

Ser blogger, actualmente é uma profissão, um trabalho como outro qualquer. No entanto, como se trata de um fenómeno relativamente recente, não existem regras de ética definidas para o exercício da mesma. Cada blogger acaba por se reger pelos seus próprios princípios quando escreve. E claro, nada garante que esta ou aquela forma é a melhor maneira para se proceder. Aquilo que a mim me parece correcto, pode não significar nada para quem como eu escreve um blog. Assim sendo, é normal que a generalidade das pessoas nos acuse de falta de transparência ou de falta de honestidade, quando na realidade, e como em todas as profissões, não agimos todos da mesma maneira. Este excerto do jornal Expresso, parece-me um pouco tendicioso ao afirmar coisas como "Parcerias e opiniões bem pagas pelas marcas que aos olhos dos leitores que os seguem parecem sugestões espontâneas, sem interesses comerciais." Espero por amanhã para ler o resto da matéria, mas no que a este blog diz respeito, posso garantir que a publicidade é sempre feita às claras. 
SHARE:

8 comentários

  1. Engraçado porque não te conheço mas do que leio acredito que não venhas vender "banha da cobra"...

    Já outros....
    Lembro-me perfeitamente de um post de um blogger que se dizia muito satisfeito com determinado produto e recomendava. E mostrava a foto do antes e do depois... e só pensei "Meu Deus deves ter sido muito pago... eu não teria ficado satisfeita com tal!"

    ResponderEliminar
  2. Eu que sou da área, penso francamente que a publicidade em blogues deveria ser regulamentada, como acontece com outros meios (tv, jornais, etc.). Só assim se protege o público. Porque se há quem é honesto, nem todos os são.

    ResponderEliminar
  3. well, acho que acaba muito por acontecer principalmente em blogues fashionistas ou simplesmente de maquilhagem... mas de certo modo é quase como um ganha pão para elas ou até mesmo uma maneira de garantir sorteios para sustentar milhões de seguidores não interessados no que realmente escrevemos... é o lado chato da coisa... o meu blogue não sei como o posso classificar, mas quando digo uma opinião sobre o quer que seja, é sempre verdadeira...

    ResponderEliminar
  4. Concordo com a D. A verdade é que ao criar o meu cantinho parto do principio que é pessoal, meu. E como tal descrevo o meu dia-a-dia, as minhas opiniões...expresso-me através da escrita no meu cantinho. Nunca tive o intuito de ganhar/ conseguir seja o que for com o meu cantinho a não ser desabafos :)
    Mas que há muita desonestidade por esse mundo fora, lá isso há.

    ResponderEliminar
  5. Este artigo vai mesmo dar pano para mangas! Eu sempre que apresento algo no meu blog que me foi oferecido menciono sempreee! ;)

    ResponderEliminar
  6. Adorei o teu móvel. Gostei imenso deste post. Cada vez mais gosto do teu blog, continua assim. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Acabei de ler o artigo completo na revista do expresso e é muitíssimo tendencioso. Não é nada imparcial! Está a dar uma imagem super negativa da blogosfera. Achei um pouco desadequado, principalmente achei que faltaram ao respeito dos "amadores", no sentido em que quase que descriminam um blogger por postar sobre moda e não ter um curso! Por amor de Deus, vivemos no século XXI e a Internet para isso mesmo, para qualquer um! E se esses "amadores" como lhes chamam tem sucesso, é porque o público gosta deles! Os profissionais da área em vz de se queixarem, deveriam era adaptar-se e transformar o que está a acontecer numa oportunidade.
    E ainda outra coisa, tanta polémica por cobrarem posts, as pessoas é que andam mal informadas, só tenho 19 anos e sei disso à anos e não é nem pouco mais ou menos só nos blogs de moda! Os blogs de tecnologia são um bom exemplo disso. E depois? Concordo que os bloggers devam rentabilizar sua opinião e acredito que o façam SEGUNDO PRINCÍPIOS! Ou seja, acredito que só aceitem parcerias de marcas que ofereçam uma mas valia para os consumidores. Há quem não o faça? Claro mas isso é como tudo na vida! E esses casos não vão durar muito, as pessoas não são estúpidas. Não tenho qualquer problema com a rentabilização dos bloggs desde que o façam regendo-se por princípios, que acredito que a maioria os tenha.
    Sinceramente, o expresso, o jornal mais credível da actualidade teve muito mal. E falam eles em imparcialidade e princípios, pois claro.... isto tudo tem muita graça. Só falta dizerem-me que a comunicação não sofre pressões políticas e económicas! Deveriam era estar preocupados com isso!

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente não li a reportagem toda, pode ser que alguma alma caridosa a digitalize pois gostava imenso de a ler. No entanto e pelo excerto que vi posso adiantar 2 coisas:

    1 - o dinheirão que esta coisa dos blogs envolve ultrapassa-me completamente! Fiquei parvinha com os valores que li!

    2 - Pela parte que li achei a escrita tendenciosa... como se todos os bloggers pagos não tivessem opnião própria..

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig