30 de maio de 2013

Jon, informaram-te mal...

Segundo avança o site da Sic Notícias, os Bon Jovi não irão cobrar nada para actuar em Madrid no dia 27 de Junho devido à crise que o país atravessa. Os bilhetes estão a ser vendidos a preços que variam entre os 14 e os 35€. Por outro lado, o concerto português, marcado para o dia anterior, não sofreu qualquer tipo de benefício por parte da banda. Os ingressos custam entre 59 e 99€. Esta notícia, a ser verdadeira, é um grande balde de água fria para quem tenciona assistir ao concerto. É que, com jeitinho, quase compensa mais ir ali a Madrid do que à Bela Vista. Acho que se esqueceram de informar a banda que Portugal também está em crise, que a Troika anda por cá, e que esses preços - bem como muitos outros referentes a espectáculos - estão completamente desfasados da nossa realidade salarial. Ou bem que te explicas Jon, ou a malta vai boicotar o concerto. 
SHARE:

13 comentários

  1. Lol em espanha deve n ter havido procura, ca foi logo td a correr...logo axam q somos ricos. Ca esgotam todos... caso dos colgplay ano passado, muse este ano...n esquecendo os miudos biever e one direction q em duas hrs ja n havia nd pra ngm

    ResponderEliminar
  2. Acho mal realmente como se so a espanha estivesse em crise tambem deviam mudar os precos do Concerto em Portugal. Ou se calhar nao sabem que sao dois paises diferentes... enfim Eu nao vivo em Portugal, aqui no Canada um concerto e muitooo mais caro que isso. Aqui ate mesmo so ir ao cinema e caro.
    Jokas de TOronto
    Claudia P.
    http://claudiapersi.blogspot.ca/

    ResponderEliminar
  3. Eles basearam-se nas vendas de bilhetes até ao momento e ponto final. Claro que o país está mal, mas como nós estão outros quantos, se fosse por aí eles iam ter que dar concertos à borla na Grécia, Irlanda, Chipre, não esquecendo os países terceiro-mundistas de outros continentes onde é muito mais vergonhosa a diferença de escalões sociais e de quem consegue assistir, ou não, a concertos.
    A mim também me indigna como é possível haver tantos festivais de Verão e todos eles esgotarem mas cada um sabe da sua vida, desde que não estejam a tirar comida da boca dos filhos para comprarem o bilhete, acho que não temos nada a ver com isso.
    Acho que notícias como esta servem para muita gente libertar a sua frustração financeira (que todos temos) insultando os que vão ao concerto, neste caso. Eu que sou fã e nunca consegui ir vê-los, estou a juntar desde o dia que eles anunciaram que cá vinham para poder ir. E consegui gerir o meu dinheiro à volta disso e certamente não fiquei a dever a conta da luz por causa disso, caso contrário não iria. Agora não me venham confundir com esse 1% de privilegiados só porque quero realizar um sonho que é poder vê-los!

    ResponderEliminar
  4. A crise vê-se pela quantidade de jovens a ver o Bieber. Falo do Bieber como da Rihana,como dos u2 , Muse,Tony's Carreira desta vida que esgotaram pavilhões. Ele é que é esperto a deixar-se estar !! :)

    ResponderEliminar
  5. Eu acredito que ainda virá o tempo em que as pessoas possam ir a concertos sem serem crucificadas...

    ResponderEliminar
  6. Expliquem-me,

    Qual é a parte do post em que eu crucifico alguém que vai a concertos? Eu acho muito bem que vão. Se podem, vão. É bom para todos. Mas não deixa de ser estranho que, num país em crise, todos os concertos e festivais esgotem. Pelos vistos em Espanha não acontece isso.

    **

    ResponderEliminar
  7. Não és tu, Raquel, são mesmo os comentários que tenho visto aqui e no teu facebook, que se assemelham a tantos outros por essa Internet fora cada vez que há um concerto em Portugal. Parece que de repente quem vai a concertos é o diabo. Ou que têm os bolsos cheios de dinheiro. E não é bem assim, são prioridades e cada um sabe das suas. Já basta que na nossa gestão monetária se meta o Gasparzinho, não precisamos de mais pessoas. Também me admira que os festivais esgotem porque os festivais normalmente têm bandas menos conhecidas e são para jovens e já sabemos que esses estão maioritariamente desempregados. Concertos de um artista só têm os fãs, que priorizam a banda que gostam há anos. Se calhar, antes ia muita gente na desportiva só para ver como era e agora já não.

    ResponderEliminar
  8. E, esqueci-me de dizer, os espanhóis se têm coisa que adoram é ir comer fora e dizem que é por aí que se vê a crise. Isto dito por uma amigo que vive em Espanha. Se calhar, quando têm um dinheirinho extra preferem ir comer fora do que ir ver uma banda que passa lá a vida. Lá está, são prioridades.

    ResponderEliminar
  9. Acho o preço uma exorbitância, apesar de adorar a banda.

    ResponderEliminar
  10. ahah baicotar muito bom
    duvido as fãs já tem os bilhetes (como eu)
    e há mais caros que 99 euros, os fãs que ficam a frente pagam uns 250 euros para cima.
    mas a culpa nem é da banda mas de quem os trás cá

    ResponderEliminar
  11. Tem tudo a ver com as vendas dos bilhetes. Aqui foi logo toda a gente (salvo seja) comprar bilhete. Em Espanha já não deve ter sido assim.

    ResponderEliminar
  12. Gostava de saber a opinião dos irlandeses acerca desta notícia. É que 11 dias antes do nosso concerto eles actuam na Irlanda...

    ResponderEliminar
  13. Quem tiver interesse, pode ver este link com a diferença de preços dos concertos nos vários países.

    http://www.viagogo.pt/Bilhetes-Concertos/Rock-e-Pop/Bon-Jovi-Bilhetes

    **

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig