3 de maio de 2013

Vamos a la playa?

Gostava muito de ser aquele tipo de pessoa que vai para a praia com o protector solar numa mão, e a toalha na outra. Acho que seria todo um sossego relaxante, que eu desconheço por completo. Sempre fui uma pessoa caracol, daquelas que para todo o sítio que vão, levam a casa atrás. Não consigo ser minimalista nestas coisas, apesar de já ter tentado. 

Nas idas à praia, vou sempre muito bem acompanhada com todo um kit que daria para sobreviver a um tsunami. Para além da tradicional toalha, levo uma bolsa daquelas gigantes com dezenas de mini bolsas lá dentro. Nunca podem faltar: os protectores solares - no plural, que nós não temos culpa que eles tenham todos funções de índices de protecção diferentes - a água termal, o protector labial  as toalhitas, (para quando fico com as mãos todas meladas) um pente, vinte elásticos de cabelo, um chapéu, água, umas bolachinhas, o mp3, o telemóvel, uns chinelos (caso tenha ido de sandálias), óculos de sol... etc... etc... E a quantidade de coisas que eu vou atirando lá para dentro com o passar dos dias? :-)
1, 2, 3,4 e 5. Banana Moon  6. O'neill
Por tudo isto, não é qualquer bolsa de praia que serve os meus propósitos. Tem que ser grande, (óbvio) e, de preferência, ter algumas divisórias na parte de dentro, coisa que poucas têm. Também é preciso que as alças sejam jeitosas, porque já tive algumas que não aguentaram dois dias sem rebentar. Outra coisa que actualmente também tenho em atenção, é que não seja demasiado girly. É que, assimcomoassim, dá muito jeito pedir ao homem para carregar com aquilo quando o calor aperta e a força já é pouca. ;-) 
Publipost
SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig