5 de junho de 2013

Tristeza

A vida é parva. É triste. É injusta. Quando tanta gente se une em volta de uma causa, isso, por si só, já deveria valer de alguma coisa, não é? Não é possível ter algum crédito aos olhos de Deus? Não sei... Faltam-me as palavras agora. Não só pelo Rodrigo mas por todos os Rodrigos desta vida. Descansa, miúdo! Foste um guerreiro. E desculpa, se não pudemos fazer mais por ti. :(
SHARE:

6 comentários

  1. Desolada, muito triste!

    `Marely

    ResponderEliminar
  2. É muito triste...
    Ângela

    ResponderEliminar
  3. Pois...
    A morte é a mais profunda e incoerente realidade que por muitos livros,teses,e tais ainda não consegui aceitar!Acho injusto em todas as camadas etárias mas nas crianças,doi.me imenso...
    Sandra

    ResponderEliminar
  4. São mortes tão terríveis... É mesmo muito triste. Ninguém tão novo devia ter de passar por aquele sofrimento. Espero que esteja em paz.

    ResponderEliminar
  5. Há muitas coisas que não são assim tão difíceis de entender se mudarmos a nossa perspectiva de ver o mundo...olhamos para nós e para tudo como físico, que surge na concepção e acaba com a morte...mas na realidade...há quem veja as coisas de outro ponto de vista.. eu li e recomendo vários livros(não para toda a gente, mas para quem tiver mente aberta) sobre assuntos "profundos" como a espiritualidade..escrito por médicos psiquiatras conhecidos no mundo todo (menos em Portugal, porque cá não se lê...)

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig