24 de agosto de 2013

Um amor nunca se esquece

Na altura em que me inscrevi no ginásio, fiz um (ou mais que um até) post a perguntar que sapatilhas vocês achavam que eu devia comprar para a prática de exercício físico. Não sou, nem nunca fui uma pessoa muito dada ao desporto, e o meu grau de conhecimento em relação a estas coisas anda muito próximo de zero. A maioria dos comentários que recebi, apontavam uma marca como sendo a grande predilecta dos amantes das corridas e das actividades desportivas em geral. A eleita, era a famosa Asics. O problema é que naquela época não havia nenhum modelo dessa marca que me enchesse as medidas e como sabem, não consigo comprar sapatos ou mesmo roupa sem ter em conta o aspecto dos mesmos, e baseando-me apenas nas características técnicas, por assim dizer. Optei então por comprar umas sapatilhas da marca Skechers, bem giras e que até cumpriram muito bem a sua função. Contudo, porém, cerca de um mês depois de ter entrado no gym, começo a ver circular por lá este modelo da Asics. Foi amor à primeira vista. Nunca tinha visto uns ténis tão diferentes e tão giros na vida. Tratei logo de pesquisar onde se poderiam comprar e o preço... Pois... Foi aí que a coisa morreu um bocadinho. O preço era um bocadinho puxado para quem tinha acabado de comprar um par de ténis e não precisava de outros para juntar à colecção. Tudo isto para dizer que ainda hoje tento encontrar, sem sucesso, motivos que me levem a gastar 120€ nestas belezuras. Para já, fico-me pela vontade de as ter.
Publipost
SHARE:

4 comentários

  1. Olá, Raquel! Sou leitora assídua do teu blog apesar de não comentar regularmente. E não podia deixar de comentar este post porque sim, estes ténis são mesmos giros e de nos fazer apaixonar facilmente. Mas penso que não serão os mais adequados para o ginásio mas já digo porquê :)

    Se falares com quem corre habitualmente (e vejo que o fizeste pelo que escreveste), a marca Asics é, realmente, uma das que se encontra mais bem cotada entre os amantes de corrida e não só. Os modelos são mais do que variados e adaptados as mais diversas situações de quem corre, seja para corrida em estrada como para corrida em natureza (como o nosso famoso Carlos Sá). Como é o caso específico destes ténis aqui... Estes ténis são adequados a atletas de triatlo. Têm a particularidade de terem a parte da frente numa espécie de rede que facilita a transpiração enquanto se corre e podem mesmo ser calçados sem meias para correr, tendo a pala cosida num dos lados da sapatilha (o que é ideal para os praticantes de trialto já que lhes pode poupar muito tempo nas passagens entre cada uma fase das suas provas). E o preço deste modelo não é justificado apenas pelo facto de serem giros e de serem para triatlo. Na imagem não é visível pois o que vou falar encontra-se no lado de dentro mas este modelo possui um suporte dinâmico no interior adequado a quem tem uma passada pronadora, ou seja, quem inclina o seu pé para o lado de dentro enquanto corre (o teste da passada é possível de fazer por qualquer pessoa. Penso que deve existir na área da Nike na Sport Zone e nas lojas da Asics também fazem). Estes ténis até podem ser muito giros mas não serem adequados ao teu tipo de passada, por exemplo. Imagina que não eram de todo adequados e começavas a ter dores nas costas ou nos pés que nunca tinhas tido anteriormente a correr na passadeira? Sim, é este tipo de coisas que pode acontecer quando compramos ténis que não são adequados para nós apenas porque são giros ou porque são o último modelo. Sei do que falo porque já caí neste exacto erro com uns ténis do mesmo valor...

    Eu bem sei que são giros (eu própria me apaixonei logo assim que os vi da primeira vez) mas penso que possa ser um investimento em algo demasiado específico se apenas os vais usar no ginásio. Eu faço corrida e ginásio e para o ginásio, uso os ténis mais simples que tenho e mais baratos pois acho que não vale o investimento para o tipo de exercício que é feito. Para correr é diferente, a sustentação deverá ser outra e aí sim, vale a pena investir em modelos mais específico e adequados ao nosso tipo de passada.

    Espero que não leves a mal o comentário... :)

    ResponderEliminar
  2. Fiona,

    Claro que não levo a mal e agradeço-te as informações! Não fazia ideia das coisas que mencionaste. Da próxima vez que comprar uns ténis vou ter em atenção. DE qualquer forma, era capaz de comprar estes nem que fosse para passear, de tão giros que são :D :D mas são igualmente caros.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Quando comecei a correr também estava bem longe de saber todos estes pormenores mas depois vai-se descobrindo mais e mais coisas e vamos começando a perceber porque nos cansamos mais ou porque aparecia esta ou aquela dor que antes não existia quando corria com outro modelo de ténis. É um verdadeiro mundo este da corrida em que já não conta apenas o aspecto visual mas muito o aspecto técnico, como tu própria referiste no teu post. De qualquer forma, se algum dia precisares de alguma dica quanto a corrida ou ténis, é só dizeres. Terei todo o gosto em ajudar :)

    ResponderEliminar
  4. Fiona,

    Infelizmente nunca fui muito adepta do exercício físico... Vou sempre arrastada :) Mas se me der a loucura e começar a correr, peço dicas de certeza! ;)

    Bjinhos

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig