12 de dezembro de 2013

Descer ao inferno (II)

Há dias mais complicados que outros. O esforço constante para mudar a direcção do pensamento nem sempre é fácil. Há um desejo imenso de esvaziar a cabeça para nunca mais nos lembrarmos de nada. Impossível, eu sei. Procurar actividades que realmente nos dêem prazer, que exijam de nós absorção e concentração necessárias para que o pensamento não nos fuja para mais lado nenhum. É isso. É assim que vivemos estes dias.
SHARE:

3 comentários

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig