17 de março de 2014

Então e qual a ementa para hoje? (II)

Não tem sido muito fácil manter-me longe dos hidratos de carbono mas tenho feito um grande esforço. Hoje é o 5º dia que não como hidratos e posso dizer que não noto diferença nenhuma. A verdade é que também não sei se era suposto já notar alguma coisa. Mas então, para hoje temos um pãozinho de cereais pequeno para o pequeno almoço, juntamente com café com leite. A meio da manhã não costumo ter fome sequer. Para o almoço temos bife grelhado com salada e de sobremesa um iogurte magro com aveia. Ao lanche também não dispenso o pãozinho e mais leite com café. Para jantar, uma sopinha de abóbora e fruta. Confesso que apesar de ter passado pouco tempo já estou fartinha da dieta. :-)
SHARE:

4 comentários

  1. Na minha opinião estás a fazer uma coisa muito errada: estás a encarar isso com enorme sacrifício. Se não encarares isso como uma dieta é muito mais simples. Tenta apenas lembrar-te de fazer uma alimentaçao equilibrada Se restringires tudo e mais alguma coisa custa muito mais. Desde que começei a comer melhor que me sinto outra. E não deixei de comer nada. Simplesmente como menos, mais vezes e acima de tudo, melhor. Nunca passei fome, não fico mal humorada, nem vivo em sofrimento.

    ResponderEliminar
  2. Estás farta porque não estás a seguir a dieta, estás apenas a não comer hidratos de carbono. Além disso uma das premissas da dieta é não deixar nenhuma refeição por fazer, incluindo o meio da manhã ou o lanche da tarde. Se experimentares as receitas sugeridas pela Ágata Roquette no seu livro vais ver quão gostosas são e não vais ficar com fome. A fruta é outra das coisas que não estás a fazer bem, a fruta sozinha, sem ser acompanhada de proteína só te vai abrir o apetite. Experimenta algumas receitas do livro, não sou uma defensora do mesmo mas como pessoa anti-dietas que sempre fui (e continuo a ser) garanto-te que ao seguires as receitas do livro não estarás a fazer dieta, estarás a reeducar-te a nível da alimentação e além disso nunca sentirás que é um sacrifício, mas sim uma maneira diferente de comer comidas saborosas (mas saudáveis).

    ResponderEliminar
  3. Olá Raquel :) Já acompanho o blogue há alguns anos, mas esta é a primeira vez que comento.
    Não sou nenhuma especialista em dietas, mas há cerca de 2 anos consegui perder 10kg e mantive-me com o meu peso ideal até hoje. Ficam aqui algumas dicas: 1º Faz o lanche do meio da manhã, mesmo que não sintas muita fome (ajuda imenso para que não tenhas tanta fome ao almoço e mais importante, fazeres mais pequenas refeições acelera o metabolismo); 2º Praticas algum exercício físico? Sei que tens tido alguns problemas de saúde...mas nem que fosse uma pequena caminhada diária iria ajudar muito; 3º Muita água e muito chá (sem açúcar); 4º Não passar fome. Se tens vontade de comer, come ou bebe alguma coisinha...um snack, uma peça de fruta, um chá! 5º Muita sopa. Sopa ao almoço e sopa ao jantar. Neste momento, como quero apenas manter o peso como sopa e depois um 2º prato nas duas refeições principais. Quando estava a perder peso optava por ao jantar comer apenas sopa de legumes (2 conchas) e uma peça de fruta. Se por acaso tinha fome antes de dormir bebia um copo de leite magro ou comia outra peça de fruta. 6º Nunca te deites com fome! Não funciona, vamos dormir mal e até podemos ter que sair da cama a meio da noite para comer algo, o que é muito pior! 7º Não desistir e manter o máximo a alimentação saudável :)

    Espero ter ajudado e qualquer dúvida diz...posso sempre dar a minha opinião e falar do que resultou comigo :)

    Ana Rita

    ResponderEliminar
  4. Mas se estás nos primeiros 15 dias da dieta porque é que estás a comer sopa á noite e pão á tarde? Nada disso faz parte da dieta... nem a aveia no yogurte... Assim não serve de nada fazer sacrificios se depois comes coisas que não deves a pensar que estás a fazer bem. Se compraste o livro é só seguir o que lá está...

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig