18 de março de 2014

Vamos esclarecer isto da dieta

Antes de mais vamos desfazer algumas confusões. Eu não estou a seguir nenhuma dieta à risca. Eu resolvi cortar no consumo de hidratos de carbono depois de ler algumas coisas sobre o livro da Drª Ágata Roquete. Não estou a fazer a dieta que ela indica, apenas restringi o consumo de carbohidratos a um pão de manhã e outro ao lanche. O meu objectivo nem sequer é perder muito peso. Menos dois ou três quilos e já ficaria satisfeita. Principalmente se eles saíssem directamente das minhas ancas e barriga. :-) O facto é que esta pequena alteração me rendeu em cinco dias a perda de um quilo. Hoje estou de volta aos hidratos de carbono embora de forma muito moderada. A isto junto o aumento do consumo de frutas e saladas, água e chá, especialmente de cavalinha. Acho que devemos pensar em levar uma vida mais saudável e o resto vir por acréscimo. Pelo menos, é isso que quero fazer. Umas caminhadas também fazem parte do menu. ;-)
SHARE:

4 comentários

  1. as pessoas fixam loucas com o corpo e as dietas. enfim.
    acho uma excelente ideia tentarmos ser mais saudaveis e controlar o que comemos :) sem exageros!

    Paulinha

    ResponderEliminar
  2. Eu também fiz como tu: li várias informações sobre as dietas em voga, e passei a ter cuidado com a minha alimentação. Não fiz nenhuma dieta em concreto, e não cheguei a cortar de vez nos hidratos (não abdico de arroz e massa, hehehe!). Ao longo de cerca de 6 meses perdi 8 Kg.
    Agora tento manter, porque já estou bem assim...não estou magra, mas estou normal, e era isso que eu pretendia!
    Por isso, força aí! É mesmo isso!

    ResponderEliminar
  3. Ainda esta semana publiquei um post sobre dietas e sobre as coisas loucas que se fazem, e falei da minha experiência.. Novos hábitos alimentares, exercício físico e alguns cremes/massagens são essenciais.. Não há dietas de 1 mês milagrosas para quem tem objectivos de longo prazo e quer manter uma alimentação saudável..
    Fico contente por ti... Eu já perdi 9kgs e ainda me faltam alguns.. Mas, sou uma pessoa mais ágil, mais feliz e mais saudável.. No doubt..
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Nesta coisa das dietas não se pode levar as coisas a extremos. Por exemplo, cortar completamente nos hidratos de carbono pode ser prejudicial p a nossa saúde. Nós precisamos deles, até pq nos dão energia e força, especialmente quando praticamos exercício físico e temos uma vida activa. Qualquer "alimentação sau´dável" passa por ingerir hidratos, de preferência na primeira metade do dia, pois assim o organismo tem tempo para os processar devidamente.
    Eu nunca fiz dieta para perder peso, mas tenho mt mt cuidado c a alimentação (paranóica às vezes) e quis perder alguma massa gorda. Para além de ter investido mt mm em exercício físico a sério e continuar a fazê-lo, reduzi os hidratos, mas não os cortei. Como massa (adoro!), arroz, batata..sempre com uma das refeições, às vezes c as duas, não os misturo e como quantidades reduzidas, juntando semrpe legumes. Nunca aguentaria o tipo de vida q tenho e a carga de exercício sem eles. Reduzi sim, ao máximo, nas bolachas (eram a minha perdição) e doces (praticamente não lhes toco). Felizmente nunca fui mt adepta deles por isso p mim foi relativamente fácil. Ah! E zero refrigerantes e sumos.
    De resto como de 3 em 3 horas, não deixo o organismo sentir fome e os meus lanches intercalares são sempre fruta com algo mais consistente (tostas, 4 bolachas maria ou integrais) para reduzir o tempo de absorção dos açucares da fruta, ou iogurtes magros (excelentes se misturares c a fruta, para uma refeição mais composta antes de treinar, pexemplo), misturo sementes (linhaça, chia, quinoa, sesamo...etc etc) ou alguns frutos secos ou gelatinas, que são sempre uma execelente forma de comer algo doce (experimenta tb fazê-las com iogurte magra, deliciosas, óptimas p matar a fome e nada calóricas). De vez em quando faço as minhas asneiras e como gelado ou meio pacote de bolachas ou um grande prato de massa...so what? Tb merecemos! E como 1 pão (nunca branco/de trigo!) ao peq. almoço quase diariamente.
    Isto tudo p dizer que não podemos entrar em extremismos e temos de cuidar da nossa saúde. Quem tem de perder 20kg tem de fazer sacrifícios. Quem quer perder 1 ou 2 tem de reajustar a alimentação e não de proibir alimentos. E sem querer parecer especialista, mas c esta minha "dieta" que não é dieta, mantenho-me c um peso mt bom (até pq não posso perder mais peso), não engordo, não tenho fome e perdi cerca de 13% de massa gorda em cerca de 6 meses, q nnc mais recuperei. Perdi volume, tonifiquei-me, e substitui toda a minha massa gorda a mais (era 29.5%) por massa muscular. O exercício físico ajudou mt, mas a boca tb:)
    Preocupa-te em ser feliz, sentires-te bem e vai fazendo ajustes de acordo c as respostas que o teu corpo te vai dando. Vais ver que rapidamente te habituas a comer melhor e deixa de ser uma dieta para ser uma forma de estar na vida :)
    Beijinhos
    1001 pequenos nadas
    (www.almadeumaborboleta.blogs.sapo.pt)

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig