15 de julho de 2014

Da consulta de hoje...

Ao fim de tantos anos (quase seis) continuo a sentir a mesma coisa em relação a este blog. Tal como se de um diário se tratasse, eu tenho que vir cá contar as coisas que se vão passando comigo senão parece que nem fico bem. Claro que, agora que deixou de ser anónimo limita-me um bocadinho mais mas tento sempre falar de tudo o que posso.

Hoje foi dia de mais uma consulta de rotina. Desta vez de ginecologia. Nada de especial, era só mesmo para eu ouvir mais uma vez aquilo que já sabia, que nesse sentido o meu corpo está bom, pronto para outra (salvo seja!). Pena que nem sempre a mente acompanhe o corpo, e essa, ainda me prega algumas partidas. 

Mas adiante... Quando estava na sala de espera, dei por mim a pensar em muitas coisas (como é hábito) mas uma delas tem a ver com a sorte que temos em ter um serviço nacional de saúde. Aprendi muito no último ano, e uma das lições mais importantes foi que, nos momentos graves da nossa vida, é o sistema público que nos vale. Fui muito mal tratada por uns mas também muito bem assistida pela maioria. Tenho um seguro de saúde bastante completo, nunca me deixou ficar mal e dou-lhe uso sempre que preciso. Mas há alturas em que os hospitais privados nos voltam as costas. Geralmente, é quando mais precisamos. Se um dia voltar a engravidar faço questão de ser seguida num hospital público (ainda que vá também a algumas consultas privadas) porque apesar da confusão e das longas esperas é para lá que nos despacham quando as coisas não correm bem. 
SHARE:

7 comentários

  1. Concordo plenamente com o que escreveu.
    Também tenho seguro de saúde e dou-lhe pouco uso, aquando da gravidez da minha filha fui seguida num hospital publico e não tenho nem tive qualquer razão de queixa.

    ResponderEliminar
  2. Ai Raquel TANTA verdade nestas palavras mas tanta! pena nem todos darem o valor e só se saberem queixar de quem tenta fazer muitas vezes omoletes sem ovos. e Só quem já precisou mesmo do SNS sabe dar o valor à preciosidade que temos em mãos e não damos valor.

    ResponderEliminar
  3. Devo ter tido azar com os profissionais de saúde que apanhei no serviço nacional de saúde, jurei para nunca mais :P

    ResponderEliminar
  4. Pois é. Graças ao SNS nunca precisei de seguros de saúde e fui sempre bem tratada. Apesar de tudo até temos sorte.

    ResponderEliminar
  5. Concordo completamente! Sempre pensei isso em relação à gravidez. E até acaba por me dar medo de apostar num hospital privado para essa situação porque já conheço algumas histórias...
    Quando menos esperares vais sentir-te preparada para ir em frente ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu sou toda pró do nosso SNS. tenho seguro de saúde que felizmente raramente uso. A minha gravidez e pós parto foi toda passada no SNS em exclusivo. Tive direito a tudo e fui muito mas muito bem acompanhada.

    ResponderEliminar
  7. Eu sou toda pró do nosso SNS. tenho seguro de saúde que felizmente raramente uso. A minha gravidez e pós parto foi toda passada no SNS em exclusivo. Tive direito a tudo e fui muito mas muito bem acompanhada.

    ResponderEliminar

Opinem!

© Perturbações. All rights reserved.
BLOGGER TEMPLATE BY pipdig